09 março 2007

Uma lenda

Lenda é uma narrativa fantasiosa transmitida pela tradição oral através dos tempos.De caráter fantástico e/ou fictício, as lendas combinam fatos reais e históricos com fatos irreais que são meramente produto da imaginação aventuresca humana.(Wikipédia) . Na lenda abaixo, um ser fantástico protege a floresta de seus agressores.

Leia e faça uma relação da ficção com a realidade. Quem são os Curupiras de hoje? E quem seriam os agressores da floresta?

CURUPIRA

Um ser lendário bastante comum na Amazônia é o Curupira, descrito como um menino de estatura baixa, cabelos cor de fogo e pés com calcanhares para frente que confundem os caçadores. Dizem que o Curupira gosta de sentar na sobra das mangueiras para comer os frutos. Lá fica entretido ao deliciar cada manga. Mas se percebe que é observado, o Curupira logo sai correndo, e numa velocidade tão grande que a visão humana não consegue acompanhar. "Não adianta correr atrás de um Curupira", dizem os caboclos, "porque não há quem o alcance".O Curupira tem a função de proteger a mata e seus habitantes, inclusive pune quem os agride. Há muitos casos também de Curupiras que se encantam por crianças pequenas, que são levadas embora por algum tempo e depois devolvidas aos pais, em geral depois de 7 anos.As crianças encantadas pelo Curupira nunca voltam a ser as mesmas depois de terem vivido na floresta, encantadas pela visagem.Muito traquino, o Curupira também pode encantar adultos. Em muitos casos contados, o Curupira mundia os caçadores que se aventuram a permanecer no mato nas chamadas horas mortas. O encantado tenta sair da mata, mas não consegue. Surpreende-se passando sempre pelos mesmos locais e percebe que está na verdade andando em círculos. Em algum lugar bem próximo, o Curupira está lhe observando: "estou sendo mundiado pelo Curupira", pensa o encantado.Daí só resta uma alternativa: parar de andar, pegar um pedaço de cipó e fazer dele uma bolinha. Deve-se tecer o cipó muito bem escondendo a ponta, de forma que seja muito difícil desenrolar o novelo. Depois disso, a pessoa deve jogar a pequena bola bem longe e gritar: "quero ver tu achares a ponta". A pessoa mundiada deve aguarda um pouco para recomeçar a tentativa de sair da mata.Diz a lenda que, de tão curioso, o Curupira não resiste ao novelo. Senta e fica lá entretido tentando desenrolar a bola de cipó para achar a ponta. Vira a bola de um lado, de outro e acaba se esquecendo da pessoa de quem malinou. Dessa forma, desfaz-se o encanto e a pessoa consegue encontrar o caminho de casa.

Conheça mais lendas da Amazônia aqui.

25 comentários:

Guilherme, Marcos, Marcelo Maricelso disse...

Os Curupiras de hoje são aqueles que protegem a natureza, como algumas Entidades e pessoas que lutam para salvar a floresta.
E os agressores da natureza somos nós,seres humanos, que estamos abusando dos benefícios ecológicos fazendo com que o planeta vá se deteriorando.

André, Adilson,Emerson disse...

Os curupiras de hoje são pessoas que ajudam a natureza contra o desmatamento e a captura de animais. Um bom exemplo de pessoas que morreram para defender a Amazônia foram a irmã Dorothy e Chico Mendes.
Essas pessoas tentando defender a natureza contra fazendeiros que foram plantar soja, cana-de-açúcar, pastos para a criação de gados e os invasores que entram na Amazônia para retirar árvores silvestres.

Jussara, Michele disse...

Os Curupiras protegem a mata e também as pessoas, como entidades, os índios e as pessoas que morreram para proteger a Amazônia. Muitos estrangeiros já tomaram posse da Amazônia. Eles têm o direito de explorar algumas espécies da flora como a Espinheira Santa, e quem tomou isso e várias outras espécies do Brasil foram os Estados Unidos.
A Amazônia é como o pulmão do Brasil e as pessoas estão fazendo mal a Ela e fazem o que querem achando que são os donos.
Não só o Brasil, mas também o Planeta está preocupado com a devastação da Amazônia. As árvores centenárias estão sendo cortadas. Com tudo isso está acontecendo o Aquecimento Global, mudanças de temperatura, secas e enchentes e os agressores são os madeireiros, traficantes, caçadores e muitas outras pessoas.

Anônimo disse...

Os Curupiras de hoje são as pessoas que ajudam a proteger a Amazônia entre eles Chico Mendes que morreu tentando proteger a floresta. Muitos Índios também morreram protegendo a Amazônia e ainda hoje a protegem.
Os agressores são aqueles que tiram a madeira ilegalmente, queimam centenas de ectares de floresta para a plantação de soja, e fazem pastagem para os animais, fazem contrabando de animais silvestres, muitos animais estão ameaçados de extinção por causa da devastação da floresta Amazônica.

Felipe, Roni, Lucas disse...

O texto relata a vida de um menino de estatura baixa, cabelos cor de fogo e pés com calcanhares para frente que confundem os caçadores, mas sabemos que isso é só uma lenda, mas hoje em dia há uma coisa verdadeira acontecendo com Amazônia que é a sua destruição e os agressores são os donos das madeireiras, carvoarias e outros que tem obsessão por dinheiro e querem ganhar as custas da Amazônia, mas não sabem o erro que estão fazendo, e do jeito que estão destruindo um dia vai acabar e as conseqüências serão terríveis e uma delas é o caos no clima.
Os curupiras de hoje somos todos nos que tentamos defender a Amazônia.
Cada um deve fazer a sua parte no combate contra a destruição da Amazônia, pois o nosso pouco somado com o pouco dos outros se torna bastante e quem sabe um dia poderemos reverter esse quadro.

Anônimo disse...

Os Curupiras são as pessoas que respeitam e cuidam da mata, os agressores somos nós que sobrevivemos passando por cima das árvores e dos mares de água doce.
Curupiras são também pessoas que se preocupam em ajudar a natureza com gestos que se cada um de nos fizéssemos ao menos um pouquinho faria uma grande diferença. A hora de começar é agora, faça sua parte.

Maicon e mateus disse...

Se lenda não fosse mentira ela poderia ajudar muito na realidade de hoje contra o desmatamento e queimadas etc, mas o mundo de hoje está perdido.Isso está sendo causado tudo pelo homem, isso irá afetar em na vida do ser humano, irá destruir vidas, não trará mais benefícios para a população e alem de tudo rios irão secar pelo aquecimento global causado pela devastação da Amazônia e de lançamentos de gases na atmosfera.
Os agressores de hoje, ou seja, os Curupiras de hoje que são as entidades ambientais que ajudam muito contra o fim da Amazônia homem não está tendo mais piedade com a natureza e sorte que ainda temos a ajuda dos.
Portanto se você quer ter um futuro melhor e dar uma vida melhor aos seus descendentes lute contra o desmatamento da Amazônia.

Aline, Cleber, Franciele e Viviane. disse...

De uma certa forma nós somos os agressores e os Curupiras. Pois nós poluímos muito o meio ambiente e de outra forma tentamos defendê-los. Mas nós não somos aqueles que mais destrói a natureza, pois muitas pessoas estão cortando e desmatando muitas áreas de floresta.
E quem tenta parar com isso acabam morrendo, como os índios Chico Mendes e Dorothy.

Jocemara, Caroline.D, Maciele, Letícia.F. disse...

Os Curupiras de hoje são as pessoas que protegem a natureza e até mesmo sacrificam sua vida para ajudá-la. Os agressores são as pessoas que destroem a natureza e ameaçam quem a protege.
Na lenda é o Curupira quem protege a floresta, que se sacrifica por ela, que lutam a cada dia. Na realidade de hoje em dia quem a protege são os militares, os ribeirinhos e as pessoas que protestam pela proteção da mata. Os agressores de hoje são as pessoas que cortam as arvores poluem o ar e destroem a natureza, são as pessoas que só pensam em si mesmo .

Guilherme e Lucas . disse...

Os Curupiras de hoje são os que protegem a floresta , e quem protege a floresta são muitas poucas pessoas , e as pessoas que tentam cuidar preservar as matas e animais , são mortos , um desses exemplo foi Chico Mendes um seringueiro que tentou proteger a floresta Amazônica dos agressores e foi morto por uma emboscada .Provavelmente por
seringueiros por madeireiros que tentavam desmatar a floresta Amazônica .!!!!

“ A Amazônia quer curupiras e não agressores ’’
A Amazônia tem pressa , vamos cuidar antes que seja tarde demais .

Adriele e Jaqueline disse...

A pessoas que preservam a natureza,como:o exército,os índios,Chico Mendes,Irmã Dorothy,o Ibama,e algumas entidades,e algumas pessoas que vivem lá.
Os agressores de hoje, são pessoas que desmatam,queimam e desrespeitam a natureza,não dão valor ao bem que DEUS criou.Como o Curupira algumas pessoas de hoje querem o bem para a floresta Amazônica,já outras querem desmatar.
A floresta é um bem de todos e sem ela não conseguiríamos respirar e nem teríamos animais para apreciar.

Andressa e Daniel. disse...

Os Curupiras de hoje são os índios e as pessoas que moram lá.
Os agressores são os madeireiros e as pessoas que desmatam a Amazônia
A lenda do Curupira é muito interessante pois fala de um menino que protege a floresta.
E ele assustava as pessoas que destruíam a floresta.
Mas na realidade é que nos devemos fazer igual a ele.

Airom, Jordana, Leidiane, Letícia, Susan disse...

A nossa Amazônia está precisando de muitos Curupiras, ou seja, defensores, pois os agressores que são os que desmatam, poluem e matam nossos animais estão acabando com nossa maravilhosa riqueza que é a grande floresta Amazônica.
Vamos nos conscientizar que nós seres humanos estamos correndo um grande risco de vida.E esses riscos fomos nós mesmos que plantamos e agora estamos colhendo.

Denimar, Anderson disse...

Os Curupiras de hoje são os povos indígenas e as pessoas que protegem a floresta Amazônica um dos maiores defensores da floresta foi Chico Mendes.
Na floresta nós queremos Curupiras e não agressores.

Airom, Jordana, Leidiane, Letícia, Susan disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Cristiane, Edinéia. disse...

No Brasil existem muitas pessoas que desmatam a natureza, mas temos sorte que há pessoas que lutam contra o desmatamento e há também que ao invés de lutar pela natureza desmatam ainda mais.
As queimadas, o desmatamento, a poluição, a caça ecesiva de animais...
Os curupiras de hoje são os índios, o IBAMA, o exército, a Funai...

Maristela, Tamara disse...

Os curupiras são aqueles que protegem: índios, exércitos, funai, Chico Mendes e Irmã Dórothy foram grandes defensores da natureza.
Os agressores são os que poluem, desmatam, os madeireiros, e todos aqueles que fazem o mal a natureza. A floresta esta sofrendo muito com o desmatamento, poluições, destruição dos animais.
Precisamos nos conscientizar que devemos cuidar mais da natureza, pois a Amazônia é o nosso pulmão.

Vinícius disse...

Os curupiras de hoje são aqueles que protegem a natureza nas queimadas derrubadas e da poluição como a Doroti e também toda a comunidade da Amazônia e assim toda humanidade acaba sofrendo com isso pois a Amazônia e o pulmão do mundo.

Roiney Beal, Ândeson Albara , Alex De Santi e Leonardo Beneli disse...

Hoje em dia precisaria de vários curupiras para proteger nossas matas contra caçadores, desmatadas e queimadas.
Mas como o curupira é lenda existe ou existiram pessoas que adotaram as matas como filhos, pois as mais cuidam de seus filhos com a própria vida.
Esse é o caso do Chico Mendes, da Irmã Doroti.
Chico Mendes morreu para salvar a mata.
Hoje os anjos que cuidam desse tesouro são entidades como o IBAMA, a Funai, forças armadas com como o exército, marinha e a aeronáutica.
Esses anjos lutam contra a ganância dos homens que quanto mais tem mais querem.

Andressa e Daniel disse...

Os curupiras de hoje são os índios e as pessoas que moram lá.
Os agressores são os madeireiros e as pessoas que desmatam a Amazônia
A lenda do curupira é muito interessante pois fala de um menino que protege a floresta.
E ele assustava as pessoas que destruíam a floresta.
Mas na realidade é que nos devemos fazer igual a ele.

Catiane e Bruna. disse...

Os defensores que protegem a mata, são os curupiras e sendo que nós estamos estragando esse lugar privilegiado por eles, e tão cheio de vida que é a Amazônia tem, pois os curupiras só querem o bem para essa floresta tão brilhante.

Letícia, Mara,Sheila, Vanessa disse...

Na ficção as pessoas que agridem a natureza são severamente punidas, mas na realidade nada acontece com essas pessoas, que fazem isso só para obter lucros.
Os curupiras de hoje são as pessoas que protegem a natureza como: a irmã Doroti, Chico Mendes, a população que vive lá o exército e a funai.
Os agressores são as grandes empresas que se apossam das terras para obter lucros. Os pecuaristas e os madeireiros.
A natureza está sofrendo com o desmatamento, a poluição e a destruição de várias espécies.

Caroline disse...

Um curupira seria aqueles que protegem a natureza que cuidam dela e os agressores seria os caçadores que destroem a natureza cortando as árvores, matando os animais e por isso a floresta sofre agressão sendo destruída e assim não tem como ajudar a Amazônia, e também não podemos esquecer dos rios e mares porque no futuro nos podemos ficar sem água e precisamos da floresta inteira para nossa gerações porque através dela temos oxigênio. O IBAMA também é um protetor da floresta, porque se não tivesse o ibama a natureza seria um lixo e coitados dos animais

Mônica Fae Tapparo disse...

Os curupiras seriam aqueles que protegem, que querem o bem da natureza, os índios que moram na mata, a FUNAI, o exército que defende as matas. Os agressores seriam os homens. As agressões são quando o homem corta árvores, mata animais, polui o ar e a água e assim ele está cada vez mais maltratando a natureza. Devemos pensar no futuro da natureza pois poderá acabar a água, o ar ficará muito mais, e com certeza vamos sofrer muito, pois sem a natureza não viveríamos. Dependemos dela para tudo principalmente para a sobrevivência do mundo

Maicon e Talita disse...

A lenda do Curupira retrata bem o que está acontecendo hoje no Mundo. Os caçadores da lenda são os homens gananciosos de hoje, e o Curupira representa aquelas pessoas que ainda se preocupam com o pouco do que restou da nossa natureza... Se todos nós tivessemos um pouco de Curupira dentro de nós o Mundo teria uma nova chance!
Abraços Maicon e Talita, alunos da 8ª série da Escola Reino da Criança e do Adolescente, Salobro de Canarana Bahia.