04 maio 2009

A sociedade de hoje

Na minha opinião no vídeo de Suzan Boyle todos erraram porque quando ela entrou no palco e começou a falar sobre sua vida que tinha 47 anos e que morava com um gato na Escócia todos riram e zombaram da cara dela achando que ela seria mais uma fracassada, mas logo começou a cantar e todos da platéia mudou de opinião,já nos primeiros versos a platéia aplaudiu de pé a Suzan Boyle.
A partir daí todos inclusive os jurados olharam para ela sem saber o que falar dela
foi impressionante.

Já na história do patinho feio também sua mãe o descriminou por ele ser feio, todos os seus irmãos não gostavam dele achando que ele era feio, então o mandaram embora.
Sem ter para onde ir e nem ficar.Até que uma velhinha o encontrou e levou ele para casa e cuidou bem dele.Chegou a primavera então a velhinha se cansou dela porque não servia para nada.
Nadando por um lago encontrou dois belos cisnes que ali estavam, logo o patinho pensou que eles não iriam gostar dele.Mas estava enganado porque ao olhar para a água viu um belo cisne que era ele próprio.E saiu voando atrás dos cisnes e o mais impressionante foi que quando ele passou voando por cima de seus irmãos todos falaram:
-Nossa mas que belo cisne, sem saber que aquele era o seu irmão que todos descriminaram por ele ser tão feio.

Então tenho certeza que isso deverá servir de lição para muita gente, já que nas duas histórias todos descriminaram sem saber quem eles eram.
Isso quer dizer que nós não devemos julgar uma pessoa como ela é fisicamente se ela usa roupa, tênis de marca devemos a julgar por o que ela é internamente.

Artur Cecchin

2 comentários:

rociorodi disse...

Artur,
Errar é humano, quando muita gente erra junto, podemos pensar que eis aí um fenômeno, há algo de especial no ar, não é mesmo?
Lembrei-me de uma música do Toquinho, cuja letra diz assim...
"A vida irá, você vai ver,
Aos poucos te ensinando
Que o certo você vai saber
Errando, errando, errando".
Penso que isso aconteceu para que toda a humanidade repensasse mais que o óbvio é surpreendente. Esse caso vem rodando o mundo e mexendo demais com as pessoas, não é mesmo? Estamos nós aqui rendendo esse assunto e procurando aprender mais ainda. É um alerta geral!
O que você acha?

Artur disse...

Com certeza errar é humano, muitas pessoas erram.Algumas sabem reconhecer o seu erro, outras não, como aconteceu com a escocesa Suzan Boyle o público reconheceu o erro e logo começaram a aplaudir.
Então esperamos que muitas pessoas quando errarem reconheçam o seu erro.